quarta-feira, 30 de agosto de 2017

31° Dia – Final das Férias

Minhas férias chegaram ao fim e foi tão rápido!

Voltamos pela Latam, novamente com aquela escala de 6 horas no aeroporto de Brasília. Mas como já sabíamos o que fazer, fomos direto para a Sala Vip. Dessa vez fomos para outra, com poltronas melhores e TV exclusiva, bar, banheiro com chuveiro, comida a vontade e o melhor: silêncio! Dormi feito anjo!





Chegamos em João Pessoa as 15h00, como é bom sentir o calor ventilado da minha cidade! Compramos 10 guaiamuns e matamos a saudade...



Agora é só atualizar meu mapa e planejar o próximo destino para 2018.

terça-feira, 29 de agosto de 2017

30° Dia – Lago do Robertinho (RR) e Lethen (Guiana)

Acordamos cedinho e fomos para o Lago do Robertinho que fica a uns 50 km de Boa Vista. É um lago rodeado por belas paisagens que oferece uma infraestrutura de recepção, bar e restaurante ímpar.

É o paraíso de Roraima! Perfeito para um dia de lazer, conforto e comida boa.










Passamos a manhã inteira lá e almoçamos uma Galinha Caipira deliciosa! Ainda alimentamos os peixes...

A tarde seguimos para Lethen, a 120 km é a primeira cidade da República da Guiana, país fronteiriço com o Estado de Roraima. A parte que visitamos se resume a uma grande rua larga de terra com lojas de ambos os lados. Mas temos que dirigir pela mão inglesa, ou seja, pelo lado esquerdo...


cruzando a fronteira e "carimbando" o passaporte




negócio próprio em outro país

Lá podemos comprar todo tipo de bolsas, malas e carteiras da "Kipling" a preços baixíssimos, roupas, eletrônicos, brinquedos entre outros... O real é muito bem aceito na cidade. Comprei brinquedos da Lego para meu sobrinho a R$ 8,00, preço nunca encontrado em lugar nenhum!

bolsas da "kipling" a partir de R$ 13,00
A noite foi encerrada com um passeio pela cidade e um aperto no peito por deixar amigos tão especiais que nos recebeu tão bem! Mas a saudade é confortada ao saber que eles estão no caminho (apesar de difícil) do amor e determinação em busca de suas realizações pessoais. Obrigada Lincoln e Ana por usar o tempo de vocês para nos receber tão bem. Sucesso nessa nova e desbravante caminhada que estão percorrendo.


Custos:

Entrada no lago do Robertinho: R$ 15,00
1/2 porção de Galinha de Capoeira (que serviu bem 5 pessoas): R$ 70,00
Compras em Lethen: O que você levar, você gasta lá!
Passeios + boa companhia + saudade: Não tem preço!

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

29° Dia – Boa Vista (Roraima)

Chegamos em Boa Vista perto das 6h00, o ônibus que viemos é super confortável e dormimos a noite inteira.

dentro do ônibus
Meu amigo-irmão Lincoln já nos aguardava na rodoviária e nos recepcionou divinamente bem em sua casa.


Depois de um belo banho e um café da manhã maravilhoso, fomos turistar pela cidade.

Começamos pela Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo, que foi o primeiro templo religioso de Boa Vista, construída por volta de 1892 pelos missionários franciscanos. Ela está localizada no centro histórico da cidade, é linda e muito bem conservada.


Caminhamos pela Orla Taumanan, que é um píer construído as margens do Rio Branco com duas plataformas suspensas e uma vista espetacular. Como excelente opção de lazer, oferece quiosques com opções de alimentação, palco para shows e playground.




Do outro lado da rua está o Monumento aos Pioneiros, que represente a união dos nativos com os pioneiros e desbravadores. Ao seu lado está Casa de Petita Brasil, uma das primeiras famílias a chegar no Rio Branco, quando a região ainda pertencia à Província Grão-Pará.



Passamos pela réplica do Prédio da Intendência, que foi sede da primeira administração municipal. Hoje é um centro de informações turísticas, lá pudemos usar o banheiro e pegar um mapa da cidade. Boa Vista possui seu traçado em forma de leque, inspirado em Paris, fazendo da cidade um dos mais belos projetos arquitetônicos e urbanísticos do Brasil.

Seguimos pelo Centro de Artesanato que possui artes indígenas únicas e bem diferente das que vimos, aproveitamos para tirar foto no Monumento ao Tamanduá (animal típico da região) que fica ao lado.




Continuamos nossa caminhada pelo centro comercial de Boa Vista, que possui várias lojas, de diversos ramos, ao longo de suas avenidas. Devia estar fazendo uns 30 graus, pois derretíamos de suor... De vez em quando entrávamos em uma loja apenas para “usar” o ar condicionado... rsrsrs Entramos no Centro Comercial Caxambu, tipo camelódromo...



Chegamos no Centro Cívico, onde estão as sedes dos poderes executivo, legislativo e judiciário do Estado. Lá encontramos os principais prédios e é de onde sai as principais avenidas da cidade.

Entramos no Palácio da Cultura, que possui uma recepcionista pra lá de antipática. Dentro dele possui biblioteca, auditório e espaço para exposições. Nos fundos dele existe um coreto bem legal para tirar fotos...




O Palácio Senador Hélio Campos, que é (para ser) a casa do governador está bem no Centro de tudo..


O Monumento ao Garimpeiro foi erguido em 1969 para relembrar uma das principais atividades econômicas do Estado entre os anos 60 e 70. Fica em frente ao Palácio


A Catedral Cristo Redentor, com seu formato peculiar: que é a junção de uma harpa, um navio e uma maloca indígena estava aberta e é bem simples por dentro.



Seguimos pela Avenida Cap. Eng. Garcez, que possui a enorme Praça das Águas, principal cartão postal de Boa Vista. É um lugar incrível, Wi-Fi gratuita, totens para carregar celular (com energia solar), o Portal do Milênio que foi inaugurado na virada do século 20 para 21, quadras, artesanatos, lanchonetes e as fantásticas fontes luminosas que durante a noite dançam ao som de músicas clássicas.


Portal do Milênio

O calor era tanto, que andávamos com guarda-sol, e mesmo assim mainha não se controlou quando viu uma grama sendo agoada e foi direto "se hidratar"!



Almoçamos um Tambaqui à delícia apreciando a bela vista do rio na companhia maravilhosa de Lincoln e Ana.


Depois do almoço descansamos um pouco na casa de Lincoln e no final da tarde fomos à Santa Cecília tomar banho de Igarapé no meio da floresta. A água estava bem fria, fato que fez com que nem lembrássemos do calor.








A noite fomos dar uma volta na Praça das Águas e apreciar suas belezas...



Passamos em frente ao Cinema da cidade que achei lindo!



Encerramos o dia com um delicioso jantar preparado por Ana, na companhia maravilhosa dos amigos e familiares de Lincoln.


Ana, eu, mainha, a cunhada de Lincoln, Felipe (irmão dele) e sua linda sobrinha Ana Laura

Lincoln, Plácidos, Samuel, eu e Ana

Custos:

Almoço para 4 pessoas no Canto da Visinha + cerveja + caipirinha: R$ 113,00
Café da manhã + hospedagem + jantar + passeio pela cidade: Não tem preço!