domingo, 21 de maio de 2017

Bazar do Desapego!

Sabe quando de repente temos a sensação de que explodiu uma bomba atômica na nossa vida?

E quando isso acontece e a gente começa uma arrumação cansada e difícil de “o quê fazer com tanta coisa?

Que tal desapegar? Passar adiante o que não nos serve mais e será de grande utilidade à outrem...

Já fiz isso em meus “Brelões Convenientes” que você pode consultar aqui mesmo nesse blog.

Mas agora o desafio é maior, não apenas objetos, mas também móveis!



Os itens estão fazendo tanto sucesso que formamos um grupo de whatsApp

:)

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Os encantos de Cuiabá e arredores - MT

Como o EMBRA (Encontro Brasileiro de Administração) estava programado esse ano à ser realizado em Cuiabá, aproveitei os dez dias que ainda tinha de férias para conhecer essa região maravilhosa. Uni então, o útil ao agradável!



Meu primo (creio que de sexto ou sétimo grau, seguindo os critérios de linha reta colateral que nunca entendi direito...), passou em 1º lugar no concurso público que fez para Analista do TRT de Cuiabá, e olha que coincidência: o dia de sua posse foi exatamente uma semana antes do EMBRA, possibilitando minha presença na cerimônia.



Cheguei em Cuiabá no dia 7 de setembro (após passar 7 horas no aeroporto de Brasília aguardando a conexão). O Clima POR INCRÍVEL QUE PAREÇA estava frio, mas não durou muito, aquela foi a ultima noite dos poucos dias de frio que acometem essa região.

Logo, logo, sentimos o belo calor seco de pouco mais de 37º.

Cuiabá é cercada por três grandes biomas: a Amazônia, o Cerrado e o Pantanal. Dentre esses, possui diversos atrativos turísticos, e apesar do calor, fiquei encantada pela região e seus moradores que foram todos muito receptivos em todos os lugares que visitei.

Viajei com minha mãe, que tem sido minha parceira de viagem nos últimos anos. Ficamos hospedadas na casa da irmã da esposa do meu tio (irmão da minha mãe)!

Fomos muuuito bem recebidas, por pessoas maravilhosas que nos deram mais do que precisávamos, em uma estadia carinhosamente preparada com as dádivas do que tem de melhor. Desde a atenção fornecida com tempo de dedicação exclusiva, passeios turísticos, noites gastronômicas e deliciosos vinhos!

Agradeço todos os dias por ter conhecido pessoas tão especiais que me acolheram com tanto afeto como se fosse da família, jamais poderei esquecer dos valores que vivenciei nessa família tão maravilhosa que me acolheu: Osmair, Joana, Osmairzinho e Maria.

***

A seguir, um pequeno resumo das belezas e locais que conheci para que vocês possam perceber o quanto eu fiquei encantada com tudo que vi:

* A conveniência-loja-restaurante-padaria ou simplesmente o lugar incrível que tem de tudo chamado “Moinho” me encantou de cara, principalmente por sua grande variedades de temperos. É um lugar que vende tudo que você precisar e abre todos os dias. Os produtos são de qualidade, porém os preços não são os mais baratos...



* A “Lelis Peixaria” é uma ótima pedida para quem quer conhecer a variedade de peixes e “afins” na culinária da região. Desde Piraputanga, Pacú, Pirarucú, Pintado, Arraia, Lambari e até jacaré, você pode degustar todos com diversos estilos de preparo e deliciosos molhos...





* O “Biglar” é um supermercado incrível, onde eu queria passar um dia inteiro lá dentro. Possui uma variedade infinita de frutas, legumes e hortaliças, coisas que nunca vi na vida, algumas bem caras por sinal. Alguns itens que só encontro no “Pão de Açúcar” em João Pessoa, e outros itens que nunca vou comprar na minha terra...









Queijo que adoro e custa R$ 38,00 em João Pessoa
* A Igreja do Rosário e São Benedito é um dos marcos de fundação da cidade, tendo sido construída em 1730. Com uma fachada simples e bela, abriga em seu interior ricos altares de madeira e ouro (pena que estava fechada no horário que fomos)...






* A Igreja Nosso Senhor dos Passos fica em uma rua estreita na “Cuiabá Antiga”, em volta dela foi construído um dos primeiros calçamentos da cidade. Assistimos a missa celebrada ao meio-dia (pico de calor)...




* O centro histórico abriga construções que representam a história de Cuiabá, com um calçadão estritamente comercial cheios de lojas, joalherias, aviamentos, casas de artigos para festas e outros, em boa parte não permite o acesso de veículos... Andamos bastante por lá e foi muito legal.


Maria, eu e Joana

* Cercada por grandes árvores, a Praça da República abriga uma escultura bem “diferente” que representa a justiça: Uma mulher com vendas segurando uma balança, diferente das que costumamos ver em fóruns ou escritórios de advocacia, essa possui um decote sensual e salto alto, em seu colo tem um corpo caído e no chão uma pessoa muito sofrida ao lado de uma espada fincada ao chão... Esse monumento foi instalado no ano internacional da luta contra a violência e impunidade (1996). Na placa em seu pés tem escrito: “Não haverá justiça nesse país, enquanto a mão que deveria empunhar a espada da verdade pender ao ouro e abandonar as leis que deve proteger a dignidade humana. Justiça não haverá por aqui, enquanto os olhos que deveriam velar pela imparcialidade continuarem distinguindo raças e condições sociais, vedados a miséria e atentos a opulência (João Negrão – Jornalista)”.




* Mesmo sendo de 1722, as reformas feitas na Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus a modificaram bastante, tanto, que hoje ela possui uma aparência "moderna", toda de concreto com vidros coloridos, não possui muita beleza em seu interior, na verdade ela é bem desagradável à meus olhos... Falta muito acabamento e achei os vitrais bregas.




* O Palácio da Instrução, tombado como patrimônio histórico do Estado em 1983, fica ao lado da Catedral. Atualmente ele funciona como equipamento cultural, abrigando exposições de arte. No dia em que fomos estava havendo o 25º salão jovem arte Mato Grossense... Muito interessante.



 * O Parque Tia Nair, é um local excelente para praticar esportes, caminhar, fazer piquenique, andar de bicicleta, fazer exercícios ou apenas meditar. Fomos lá no final da tarde e achei o lugar fantástico para estar com a família e amigos...




 * O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães é uma unidade de conservação brasileira que fica situada entre os Município de Chapada dos Guimarães e Cuiabá. É um local com belezas naturais como cachoeiras, cavernas, lagoas e trilhas. No entanto está um pouco mal preservado e as queimadas frequentes na região pioram o ambiente. Mesmo assim pudemos apreciar o que o local tem de bonito...






* Também passeamos pela parte da Cidade conhecida como "Prainha", com várias lojinhas de artesanato, praça e Igreja...





* Em seguida nos deslumbramos com as belas paisagens vista do Restaurante Morro dos Ventos e arredores. A comida também é deliciosa!





* O Varadero Bar e Restaurante é um lugar que deve ser visitado, com uma decoração fantástica de um ambiente bem descontraído, possui um cardápio maravilhoso e ótimos vinhos...




*Vale a pena apreciar a imensidão da Usina Lago do Manso...



* Localizada a 120 km de Cuiabá, a região do município de Nobres é um lugar que deve ser conhecido. Com suas beleza naturais, existem diversas opções de turismo e aventura lá. Fizemos um passeio flutuando pelo rio no meio da natureza com diversos peixes, almoçamos uma comida maravilhosa no Reino Encantado e depois nos aventuramos na Gruta Duto do Quebó (muito bom!)...











* Vale a pena assistir a apresentação do grupo de dança "Flor Ribeirinha". Nós descobrimos que eles iam se apresentar no ginásio do IFMT para a abertura dos Jogos... e fomos! Valeu demais!


* A Pizzaria Santa Oliva oferece um rodízio de massas muito bom...



* A Igreja Nossa Senhora do bom despacho fica no alto da cidade e de longe parece um castelo. Fica ao lado do seminário e do museu de Arte Sacra. É um lugar que vale a pena visitar. Ela é tão moderna que possui ar condicionado dentro do confessionário, muito legal!



* Paga-se R$ 2,00 para visitar o museu de Arte Sacra, que em seu interior estão guardados objetos de fé e religiosidade. Inclusive os famosos "Santos do pau oco" que eram usados nas procissões para levar o dinheiro arrecadado de uma igreja até a outra.






* O Mercado Público de Cuiabá que foi construído em 1899 e foi muito utilizado por comerciantes ribeirinhos, hoje é o Museu do Rio, com um aquário municipal nele, mas estava em reforma quando visitamos...



* Mercado do Porto é simplesmente o melhor lugar para comprar peixe e temperos típicos! Aproveitei para levar à Paraíba algumas peças de Lambarí e Pacú, creme de piqui e um doce maravilhoso que vende lá...






* O Sesc Arsenal é um centro cultural que possui galeria de artes, cinema, teatro, biblioteca, artesanato e muitas outras atrações. Um lugar muito agradável!




* A "Rota do Peixe" foi criada pelo governo para aumentar o turismo da região, e nada mais é do que a junção de lojas de artesanatos e restaurantes. O projeto foi criado com o intuito de dar melhor qualidade de vida a população ribeirinha, impulsionando a produção artesanal e industrial da cadeia do peixe. É muito legal e a comida é deliciosa!





* O zoológico da cidade fica localizado dentro da Universidade Federal do Mato Grosso. Funciona de terça a domingo e sua entrada é grátis. Possui várias espécies de animais e araras incríveis. Apesar de estar muito mal cuidado, a beleza dos animais ainda nos encanta.

 






 



* Conheça "Dona Eulália" e os maravilhosos bolos de arroz e de queijo feitos na hora no forno a lenha!





* Visite Tangará da Serra e suas belas cachoeiras, fica a pouco mais de duas horas de Cuiabá. Eu não fui dessa vez, mas minha mãe foi e amou!


* Encerramos nosso passeio com chaves e cadeados de diamante, pois nunca vi tanta perfeição num único local quanto encontrei no Hotel Sesc Porto Cerrado. Além de ser localizado numa privilegiada região pantaneira de belezas naturais, possui conforto e opções de lazer inigualáveis, desde sua estrutura até as opções de passeios únicos como o do alvorecer (as 5h da madrugada) e o entardecer no rio Cuiabá com um belíssimo pôr do sol ao lado de jacarés, tuiuiús, macacos...